.
 
 
Os aspectos laboratoriais das Células-tronco será tema de seminário no 36º CBAC
 
Educação
 
     
   

Tamanho da fonte:


11/05/2009

Os aspectos laboratoriais das Células-tronco será tema de seminário no 36º CBAC

Professora da Faculdade de Farmácia da UFRGS e membro do Instituto de Pesquisa com Células-tronco, Patricia Pranke, fará um seminário no dia 15 de junho, às 14h

Para discorrer sobre os mais novos estudos sobre Células-tronco e tirar dúvidas dos congressistas do 36º Congresso Brasileiro de Análises Clínicas (CBAC) e 9º Congresso Brasileiro de Citologia Clínica (CBCC), a SBAC e a SBCC convidaram a professora da Faculdade de Farmácia da UFRGS e membro do Instituto de Pesquisa com Células-tronco, Patricia Pranke, para ministrar uma palestra. Com duração de 1 hora, no dia 15 de junho próximo, às 14h, a palestrante irá abordar principalmente os aspetos laboratoriais do tema.

 Questões como “Em que doenças as Células-tronco de cordão umbilical e placenta já podem ser usadas terapeuticamente?”, “Como estão as pesquisas sobre Células-tronco no mundo e no Brasil?”, “Algumas pesquisas estão sendo feitas com o intuito de obter células-tronco sem que haja a destruição dos embriões. Essa é uma possibilidade real ou ainda é utópica?” e outras poderão ser respondidas durante a apresentação.

 Segundo uma entrevista de Patrícia Pranke concedida a um jornal brasileiro, a PhD explica que “as células-tronco têm sido vista como uma recente esperança terapêutica para o tratamento de inúmeras doenças. Células-tronco (CT) são células que apresentam grande capacidade proliferativa e podem se diferenciar em diversos tipos celulares, podendo participar da regeneração de órgãos que tenham sofrido uma lesão. Além disso, as CT apresentam a propriedade de auto-renovação, ou seja, gerar cópias idênticas a si mesma. Há dois tipos de células-tronco: as células-tronco adultas (CTA) e as células-tronco embrionárias (CTE). As CTA, mais facilmente disponíveis e comumente utilizadas na clínica, são as células-tronco presentes na medula óssea e no sangue de cordão umbilical. As CTE são definidas por sua origem, e são derivadas do estágio do blastocisto do embrião. A CTE é normalmente utilizada, em alguns países, a partir dos blastocistos gerados em clínicas de fertilização, onde o casal doa, para a pesquisa com fins terapêuticos, os blastocistos não-utilizados para a fertilização in vitro.”

Congresso

O 36º Congresso Brasileiro de Análises Clínicas tem como objetivo a capacitação e atualização dos profissionais ligados a área laboratorial como farmacêuticos-bioquímicos, biomédicos, médicos patologistas e outros correlatos. Estão previstas para acontecer cerca de 95 palestras, ministradas por especialistas internacionais e nacionais de renome. Os temas do 36º CBAC estão divididos por seis subáreas: Hematologia, Imunologia, Bioquímica, Microbiologia, Gestão Estratégica e da Qualidade, Biologia Molecular, Parasitologia e Especialidades Diversas. Paralelamente aos Congressos, o evento contará com uma área de exposição, na qual cerca de 100 empresas apresentarão as mais recentes novidades do setor laboratorial.

Serviço:

36º CBAC e 9º CBCC

Data: 14 a 18 de junho de 2009

Horário: 09h às 19h

Local: Centro de Eventos FIERGS

Tel: (62) 3214-1005

e-mail: comercial@qeeventos.com.br

site: www.cbac.org.br

Sobre o CBAC

Desde 1971, a Sociedade Brasileira de Análises Clínicas realiza o Congresso Brasileiro de Análises Clínicas com o intuito de aprimorar o conhecimento técnico dos congressistas e apresentar na área de exposição os mais recentes equipamentos, produtos e serviços do setor. Considerado pelos participantes, expositores, conferencistas e o mercado em geral, como o maior e mais importante congresso na área de análises clínicas da América Latina.

 



Autor: Eliane Tanaka
Fonte: Conecte Comunicação

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602