.
 
 
Saiba quando o ciclo menstrual volta ao normal após o parto
 
+ Saúde
 
     
   

Tamanho da fonte:


06/12/2018

Saiba quando o ciclo menstrual volta ao normal após o parto

Depois do nascimento do bebê, mulher permanece sem ovular por cerca de três meses

Um dos primeiros sintomas da gravidez é a alteração da menstruação. Geralmente, quando a mulher nota esse atraso, imediatamente ela procura se consultar com o ginecologista ou submete ao teste de gravidez.

O ciclo menstrual consiste no desenvolvimento e do espessamento da parede interna do útero — o endométrio. Quando a gravidez não acontece, as células endometriais se desprendem da parede uterina provocando o sangramento. A menstruação tende durar entre dois a sete dias.

Segundo a ginecologista e obstetra Erica Mantelli, a menstruação é interrompida durante a gravidez.

— Isso ocorre porque a parede do útero não descama, caso contrário, aconteceria um abortamento. Vale ressaltar que qualquer sangramento na gravidez é importante comunicar o médico — afirma.

Após o nascimento do bebê, a mulher irá notar um sangramento que pode durar até 40 dias, mas não é menstruação.

— Esse sangramento ocorre porque o corpo está eliminando o material que revestia o útero durante a gestação — explica a ginecologista.

Depois desse processo, a mulher ainda permanece sem ovular durante meses, ou seja, ela ainda não irá menstruar.

— Isso acontece devido aos hormônios que são produzidos durante o aleitamento materno e bloqueiam a ovulação — diz Erica.

Segundo a ginecologista, o ciclo menstrual tende voltar quando a mãe diminuir a amamentação. A menstruação retorna quando o aleitamento deixar de ser exclusivo e o bebê se alimentar com fórmulas ou alimentos sólidos.

Se a mulher não quiser uma gravidez surpresa logo após a gestação, ela pode iniciar o uso do anticoncepcional.

— O período mais seguro para a mulher não engravidar é no máximo dois meses após o parto. Depois desse período é recomendado que ela inicie algum método contraceptivo — esclarece a ginecologista.

Um dos métodos utilizados para evitar uma gestação na sequência é a pílula anticoncepcional. A mulher deve se consultar com o seu médico para que ele indique uma pílula para pós-parto a base de progesterona. Apesar de essas pílulas conterem doses baixas de hormônios, elas protegem a mulher de uma gravidez indesejada, segundo Erica.

Quando devo me preocupar com sangramentos no pós parto?

É importante que a mulher procure o seu ginecologista se notar alterações como:

— Sangramento intenso
— Apresentar coágulos
— Cheiro ruim
— Febre e calafrios 


Autor: Redação
Fonte: Zero Hora

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602