.
 
 
Medicina Paliativa no Brasil
 
Educação
 
     
   

Tamanho da fonte:


09/09/2009

Medicina Paliativa no Brasil

Brasil sedia fórum sobre terminalidade da Vida e a Prática Médica no Brasil

No próximo dia 10 de setembro, das 14h às 18h30, a Câmara Técnica de Terminalidade da Vida e Cuidados Paliativos do Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Academia Nacional de Cuidados Paliativos realizam o Fórum “Desafios: Terminalidade da Vida e a Prática Médica no Brasil”. O objetivo é discutir as principais necessidades e os caminhos para a regulação dos Cuidados Paliativos no Brasil, cuja legislação ainda está defasada se comparada a países como Estados Unidos e Inglaterra, locais onde a prática de Cuidados Paliativos já é normatizada.
     
De acordo com a coordenadora científica da Academia Nacional de Cuidados Paliativos (ANCP), Maria Goretti Sales Maciel, um dos principais temas discutidos deverá ser a suspensão, por decisão liminar, dos efeitos da Resolução CFM nº 1.805/2006, que regulamentava a ortotanásia. “Essa negativa da resolução pela justiça trouxe muita dúvida para o médico brasileiro”, comenta Maria Goretti. 
     
Para a especialista, atualmente, os cuidados paliativos constituem uma necessidade em todos serviços e níveis de atenção à saúde. “As pessoas já percebem isso muito mais claramente. Há uma busca cada vez maior dos profissionais para se especializarem e atender a essa demanda. É um momento muito positivo em que se começa a descobrir o que é cuidado paliativo”, explica, acrescentando a necessidade de que os cuidados paliativos sejam inseridos no currículo formal de graduação para todos os profissionais da área de saúde, e de que sejam reconhecidos como área de atuação. 
     
O Fórum do Conselho Federal de Medicina faz parte de um grande evento sobre Cuidados Paliativos e Terminalidade da Vida chamado II Ciclo de Cinema e Reflexão – Aprender a Viver/Aprender a Morrer que acontecerá entre os dias 10 e 13 de setembro na Cinemateca Brasileira em São Paulo. Mais informações: www.ciclopremier.com.br.
     
     Cuidados Paliativos
     
     Grandes avanços científicos e tecnológicos das últimas décadas tornaram a vida cada vez mais prolongada e inauguraram um contexto em que a morte constitui não um episódio, mas um amplo e complexo processo, que pode se estender por dias, anos ou mesmo décadas.
     
      De acordo com o livro "Cuidado Paliativo", uma publicação do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), neste momento final da vida, aquele em que o processo de morte se desencadeia de forma irreversível e o prognóstico de vida pode ser definido em dias a semanas, os cuidados paliativos se tornam imprescindíveis e complexos o suficiente para demandar uma atenção específica e contínua ao doente e à sua família, prevenindo uma morte caótica e com grande sofrimento. Esses cuidados não pretendem antecipar e nem postergar a morte. Pretendem, sim, promover o alívio da dor e de outros sintomas estressantes, e oferecer um sistema de suporte que auxilie o paciente a viver tão ativamente quanto possível, até a sua morte, entre outros objetivos.
     
     Academia Nacional de Cuidados Paliativos
     
      É a principal entidade de representação multiprofissional dos Cuidados Paliativos no Brasil. Seu compromisso é com o desenvolvimento e reconhecimento desta prática como campo de conhecimento científico e como atuação profissional.
     
     Programação:
     
     
     FÓRUM DO CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA – CFM
     
     Desafios: A Terminalidade da Vida e a Prática Médica no Brasil
     10 de setembro de 2009 – 14h30 às 18h30
     Cinemateca Brasileira, São Paulo
     
     14h30 – Abertura Apresentação e finalidades da Câmara Técnica sobre Terminalidade da Vida e Cuidados Paliativos - ROBERTO LUIZ D’ÁVILA - vice-presidente do CFM e coordenador da Câmara Técnica
     
     15h - Resolução 1805/06 – Consistência e Coerência JOSÉ EDUARDO DE SIQUEIRA – Sociedade Brasileira de Bioética
     
     17h - A evolução dos Códigos de Ética Médica no Brasil e a Terminalidade da Vida LEOCIR PESSINI - União Social Camiliana
     
     17h30 - Ordem de não ressuscitar: uma necessidade no Brasil CLÁUDIA BURLÁ – Médica Geriatra e Membro da Câmara Técnica sobre Terminalidade da Vida e Cuidados Paliativos do CFM.
     
     18h - Cuidados Paliativos: Uma abordagem realmente digna no final da vida MARIA GORETTI SALES MACIEL - Academia Nacional de Cuidados Paliativos
     
     18h30 - Considerações finais e Encerramento ROBERTO LUIZ D’ÁVILA - vice-presidente do CFM e coordenador da Câmara Técnica
     
     II Ciclo de Cinema e Reflexão – Aprender a Viver/Aprender a Morrer
     
     Informações para a Imprensa
     
      Carla Dórea Bartz
     Coordenadora de Comunicação
     Academia Nacional de Cuidados Paliativos
     ancpimprensa@paliativo.org.br
     www.paliativo.org.br
 


Autor: Setor de Imprensa
Fonte: Conselho Federal de Medicina

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: mappel@sissaude.com.br. (51) 2160-6581