.
 
 
O aumento dos casos de miopia pode ser culpa dos smartphones e computadores
 
+ Saúde
 
     
   

Tamanho da fonte:


22/03/2019

O aumento dos casos de miopia pode ser culpa dos smartphones e computadores

Diversos estudos comprovam que há hoje uma epidemia mundial de miopia

Diversos estudos comprovam que há hoje uma epidemia mundial de miopia. De acordo com a Academia Americana de Oftalmologia, desde 1971 a incidência nos EUA dobrou, para 42%. Em alguns locais da Ásia, até 90% dos adolescentes e adultos podem ser míopes. Estudiosos da área ainda não chegaram a um consenso sobre as causas desse crescimento, mas há pelo menos uma certeza: precisamos desenvolver novos hábitos ao usar smartphones e computadores, dispositivos que podem estar diretamente ligados ao aumento dos casos de miopia.

Enquanto os pesquisadores procuram por respostas definitivas, os consultórios de oftalmologia seguem atendendo cada vez mais pessoas com fadiga visual devido ao uso de smartphones e computadores. E como os adultos, as crianças também podem apresentar olho seco, cefaleia e visão borrada. Esses sintomas, que costumam ser esporádicos, se não tratados podem se tornar contínuos. Não quer dizer que o paciente precisará de óculos. Significa que ele precisa fazer pausas mais frequentes.

Em média, nós piscamos até 15 vezes por minuto. Na frente das telas, esse número pode cair para três, o que pode provocar ressecamento e consequente cansaço visual. Portanto, os oftalmologistas recomendam um descanso de 20 segundos (deve-se olhar para longe) para cada 20 minutos na frente do computador ou do smartphone. Para facilitar a sua vida, utilize o alarme do seu próprio smartphone!

Outras dicas para uma boa saúde ocular sua e dos seus filhos incluem ter o costume de ajustar o brilho e o contraste da tela do computador e acertar a postura corporal quando for ler ou trabalhar. Se o seu filho está usando um gadget, certifique-se de que o dispositivo está entre 45 e 60 centímetros de distância dos olhos dele.

Seguindo essas pequenas dicas, nossos filhos e nós mesmos poderemos começar a desenvolver hábitos mais saudáveis. Não se trata apenas de prescrever óculos para todo mundo, mas de evitar o surgimento do problema e assegurar a saúde e o bem-estar das pessoas. 


Autor: Lair Hüning, oftalmologista
Fonte: Zero Hora

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602