.
 
 
Campanha da vacinação é lançada com discurso de alerta para toda população
 
Notícias
 
     
   

Tamanho da fonte:


10/04/2019

Campanha da vacinação é lançada com discurso de alerta para toda população

Sociedade de Pediatria do RS (SPRS) reforça importância dos cuidados para que sejam mantidas em dia as vacinas como forma de proteção

Lançada nesta quarta-feira (10/04), em Porto Alegre (RS), a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza para gestantes, puérperas e crianças menores de 6 anos foi marcada por um alerta. A imunização é a melhor forma de se proteger contra graves doenças e é preciso mobilização de toda sociedade para combater informações falsas e desinformação sobre o tema. Entre 10 e 18 de abril, serão priorizadas as crianças e gestantes, grupos mais vulneráveis às complicações causadas pela influenza.

- Sabemos que criança é um grupo vulnerável, tanto que o Ministério da Saúde coloca essa faixa etária dos seis meses até os seis anos como um dos grupos prioritários iniciando a vacinação juntamente com as gestantes. Além disso, há estudos que mostram que ao vacinar a criança não só protege ela, mas evita a transmissão para outras pessoas. É importante a imunização neste momento porque há uma pouca circulação do vírus influenza em nosso meio, ainda - afirmou o médico do comitê de infectologia da SPRS, Juarez Cunha.

A Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, no entanto, recomenda que o cuidado não se limite a esta faixa etária.

- Recomendamos a vacinação para todas as crianças e adolescentes como a melhor forma de proteção em relação a gripe. Além disso, diante das baixas coberturas que estão sendo verificadas, é importante aproveitar o momento para colocar as vacinas todas em dia, não apenas a da gripe - completou.

Serão distribuídas em todo o Brasil, aproximadamente 65 milhões de doses. O ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, participou do ato, realizado no Centro de Saúde Modelo.

- Vamos garantir um inverno para aqueles que necessitam, imunes dos principais vírus que circulam em nosso país e evitar que aquela gripe transforme-se em pneumonia, tristeza e até óbitos - disse.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, falou da mobilização para chegar a 3 milhões e 800 mil gaúchos imunizados, considerada uma meta ousada, mas factível diante de todo engajamento que precisa haver na sociedade.

- Na atenção primária a prevenção é fundamental. Se não houver esse cuidado, não haverá recursos para suportar o que teremos que fazer na média e alta complexidade - declarou.

O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, assegurou que a estrutura dos postos de saúde estão preparadas para receber a população.

- A ampliação dos postos de saúde, com horário estendido foi uma vitória. Tivemos quase três mil atendimentos a mais por mês em cada unidade - afirmou.

A partir do dia 22 de abril, a vacinação estará disponível para os demais públicos-alvo da campanha. A mobilização para a vacinação vai até 31 de maio em todo o país. 


Autor: Marcelo Matusiak
Fonte: Play Press

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602