.
 
 
Simpósio de endoscopia discute formas de melhorar a experiência do paciente
 
Educação
 
     
   

Tamanho da fonte:


03/06/2019

Simpósio de endoscopia discute formas de melhorar a experiência do paciente

Evento reuniu especialistas de diversas instituições para compartilhar experiências

Especialistas de diversas instituições de Porto Alegre se reuniram para compartilhar experiências e aprimorar resultados no 1º Simpósio de Enfermagem em Endoscopia do Hospital Moinhos de Vento, realizado neste domingo (2). O encontro, no anfiteatro Schwester Hilda Sturm, abordou práticas, abordagens e cuidados que os profissionais devem adotar na preparação do procedimento.
 
“Na assistência, a entrega do cuidado individualizado é um diferencial na experiência do paciente. É importante colocar-se no lugar dele”, afirmou a coordenadora Assistencial do Serviço de Endoscopia, Diálise e Cardiologia do Hospital Moinhos de Vento, Belisa Marin Alves. Para falar sobre a rotina da área no hospital, a enfermeira detalhou os processos e indicadores utilizados para qualificar resultados e prevenir riscos. “Melhorar nosso desempenho de acordo com o acompanhamento das ações diárias é promover uma experiência positiva para o paciente”, afirmou.
 
Chefe do Serviço de Endoscopia, o médico Ismael Maguilnik apresentou as mudanças no cenário do procedimento, fazendo um resgate desde o surgimento da sonda, há mais de 200 anos. “No momento, a indústria está focada em possibilitar melhores imagens e cores, além de minimizar o desconforto para o paciente. Mas, sem dúvida, para um futuro em longo prazo, teremos grandes saltos de tecnologia na endoscopia terapêutica”, avaliou Maguilnik.
 
Enfermeiros do serviço exibiram parâmetros que apoiam as boas práticas realizadas no hospital. Foram expostos métodos de checklist, com informações relevantes que devem ser coletadas com o corpo clínico e os pacientes, e indicadores de redução do tempo de espera – tanto antes do procedimento como na recuperação. Também foi debatido o briefing: ações de interação entre o grupo que disseminam dados importantes de cuidado e qualidade.
 
Qualidade e manutenção
 
“O controle de infecção atua no apoio à área endoscópica e é essencial para o desempenho de qualidade do procedimento”, aponta a enfermeira Lisiane Martins, do Hospital Moinhos de Vento. Ao lado da equipe de enfermagem, Lisiane tratou sobre melhores formas de lavagem e desinfecção dos equipamentos. O grupo apresentou indicadores e formatos que, de forma manual e automatizada, realizam a manutenção preventiva e corretiva dos aparelhos.
 
Convidados de instituições de saúde da capital, do Hospital de Clínicas, Mãe de Deus e Ernesto Dornelles, conversaram sobre o tema e os processos adotados em seus hospitais. Os profissionais reforçaram a importância do alinhamento de informações entre as equipes administrativa, assistencial e do corpo clínico, para que o procedimento seja realizado com segurança e qualidade.

O chefe do Serviço de Pneumologia do Moinhos, Marcelo Gazzana,  também falou sobre a importância da enfermagem no apoio aos procedimentos endoscópicos de sua especialidade. Gazzana enfatizou a sintonia do grupo como principal ação para bons resultados na rotina da instituição.  


Autor: Redação
Fonte: Critério

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602