.
 
 
Implantes dentários: Mitos e verdades
 
+ Saúde
 
     
   

Tamanho da fonte:


06/06/2019

Implantes dentários: Mitos e verdades

Apesar de comum, grande parte da população ainda tem dúvidas quanto ao procedimento

Anualmente, são feitos cerca de 800 mil implantes dentários no Brasil. A estimativa é da Associação Brasileira de Indústria Médica, Odontológica e Hospitalar (Abimo), e o resultado posiciona o País como o segundo maior no mercado mundial, ficando atrás somente dos Estados Unidos. Apesar de comum, grande parte da população ainda tem dúvidas quanto ao procedimento. O implante é um pino de titânio que tem a função de substituir o dente perdido. Posicionado abaixo da gengiva, no osso maxilar, os implantes devem ser idênticos aos dentes nas funções de mastigação, fonética e estética.
 
A especialista em ortodontia, ortopedia dos maxilares e lentes de contato da unidade da Oral Unic Implantes de São José dos Pinhais (PR), Dra. Luciana Beatriz Salbachian Moroni, explica que, para receber o implante, o paciente precisa ter gengiva saudável e ossos capazes de sustentá-los. “O primeiro passo é fazer uma avaliação clínica para verificar a melhor alternativa de implante. Existem três tipos de implantes: convencionais, curtos e zigomático, e cabe ao profissional escolher o ideal”, diz a especialista. Os implantes convencionais são utilizados em pacientes com condições ósseas consideradas normais. Os curtos, são colocados em locais com pouca profundidade de osso. Já os zigomáticos são indicados para pacientes com perda ou reabsorção óssea avançada. Confira alguns mitos e verdades sobre o procedimento.

• A colocação de implantes dentários é muito dolorida.

MITO! Com os avanços na área odontológica, os procedimentos estão se tornando cada vez mais simples. Uma das novidades é a possibilidade de realizar o tratamento com a sedação consciente. “Esse método se baseia na redução mínima do nível de consciência, onde é mantida a respiração espontânea, os reflexos protetores e a capacidade de resposta a estímulos físicos e comandos verbais. O método é de aplicação endovenosa, feito por um médico anestesista", conta a especialista.

• Durante o tratamento, o paciente não fica sem o dente.

VERDADE! Há possibilidade de fazer uma prótese dentária com um material simples, que serve tanto para a parte estética quanto para proteger os outros dentes, enquanto a prótese permanente do implante é fabricada.

• Pacientes tabagistas não podem fazer implantes dentários.

MITO! Fumantes podem fazer o tratamento odontológico, mas o processo de cicatrização pode ser prejudicado. "Para que o paciente tenha consciência dos riscos que podem acontecer durante o tratamento, é importante que ele converse abertamente com o especialista”, recomenda a Dra Luciana.

• Os implantes não são rejeitados pelo organismo.

VERDADE! Feito de titânio, o material dos implantes dentários é inerte ao osso, ou seja, o organismo não percebe que tem algo "diferente" no lugar do dente.
 
• Qualquer pessoa pode colocar um implante.
 
MITO! Os pacientes precisam passar por avaliação para verificar a saúde bucal. “É necessário realizar exames de imagem que mostram com detalhamento a abertura da boca, as condições dos ossos, etc.”, alerta a Dra. Luciana. Além disso, devem ter mais de 17 anos de idade, pois é nesse momento que termina o processo de formação dos ossos faciais.

• Os cuidados com o implante são os mesmos dos dentes naturais.

VERDADE! A higienização dos dentes deve continuar da mesma forma: escovando, fazendo o uso de fio dental e enxaguante bucal. "Vale ressaltar que o uso de produtos que contenham flúor, ou mesmo outros componentes, deve ser utilizado somente sob acompanhamento do dentista, para evitar manchas e desgaste dos outros dentes", diz a Dra. Luciana. 


Autor: Ana Beatriz Baduy
Fonte: Central Press
Autor da Foto: Divulgação

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602