.
 
 
85% dos casos de câncer de mama em pets possuem caráter maligno
 
+ Saúde
 
     
   

Tamanho da fonte:


17/10/2019

85% dos casos de câncer de mama em pets possuem caráter maligno

Prevenção e atenção diária dos tutores podem auxiliar na cura da doença

Outubro é o mês da conscientização sobre o Câncer de Mama e a importância do diagnóstico precoce. Durante esse período, as ações do Outubro Rosa tomam conta das mídias, cartazes e ambientes, divulgando a necessidade de realizar o autoexame e também de ter sempre o acompanhamento médico. Mas a doença não atinge somente os humanos. 

Segundo dados do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), o câncer de mama possui alta incidência em animais de estimação. Cerca de 45% das cadelas e 30% das gatas desenvolvem tumores mamários, sendo que 85% apresentam comportamento maligno.

De acordo com a professora do curso de Medicina Veterinária da Universidade Positivo, Sabrina Marin Rodigheri, a atenção dos tutores é parte fundamental para o diagnóstico e tratamento da doença. “Ainda é muito comum que os tutores procurem ajuda quando a doença já está em estágios avançados. Por isso, buscamos conscientizá-los para possibilitar o diagnóstico precoce, imprescindível para aumentar os índices de cura”, explica. 

Para o diagnóstico precoce, além da observação da condição geral do animal, recomenda-se a palpação periódica das mamas. Na presença de qualquer alteração deve-se buscar a ajuda de um médico veterinário. “A castração precoce, realizada antes do primeiro cio ou entre o primeiro e o segundo cio, é a melhor forma de prevenir o câncer de mama em cadelas e gatas. Apesar de ser uma intervenção cirúrgica, os índices de complicações são baixos e a eficácia é altíssima”, conta. 

Para conscientizar os tutores a cuidar ainda mais da saúde dos animais, estudantes do curso de Medicina Veterinária da Universidade Positivo fazem, durante o mês de outubro, uma campanha com distribuição de folders explicativos, e dando orientações sobre o tema a tutores também nas mídias digitais.

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de Graduação presenciais, quatro cursos de Doutorado, sete cursos de Mestrado, mais de 190 programas de Especialização e MBA, sete cursos de idiomas e dezenas de programas de Extensão. A Universidade Positivo conta com três unidades em Curitiba, uma unidade em Londrina (PR), uma unidade em Joinville (SC), além de polos de Educação a Distância (EAD) em mais de 60 cidades espalhadas pelo Brasil. Em 2018, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric. 


Autor: Redação
Fonte: Central Press
Autor da Foto: Divulgação

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - cj 1101- Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: mappel@sissaude.com.br. (51) 2160-6581