.
 
 
Especialista mexicano destaca novo papel do idoso na sociedade
 
Saúde RS
 
     
   

Tamanho da fonte:


02/07/2019

Especialista mexicano destaca novo papel do idoso na sociedade

Seminário Internacional Sesc de Envelhecimento segue até esta quarta-feira (03/07) em Canoas

A abertura do 4º Seminário Internacional Sesc de Envelhecimento, nesta terça-feira (02/07) no Teatro do Sesc Canoas, teve como destaque o professor pesquisador da Universidade de Guanajuato (México) e da Universidade de Oxford (Reino Unido), Alejandro Klein. Na sua explanação, o mexicano deu destaque ao novo papel do idoso na sociedade com mais participação nas tomadas de decisões. “A idade não pode mais ser um marcador social do que se pode fazer na vida. Estamos vivendo uma revolução social e subjetiva que questiona a definição das pessoas mais velhas”, disse.

Focando o envelhecimento da população como tema central, o encontro ocorre hoje e amanhã (02 e 03/7), no Sesc Canoas (Av. Guilherme Schell, 5340). A programação aborda pontos como família, gerações, diversidade, processos psicossociais, entre outros, e conta com a participação de especialistas, autoridades e público geral. Entre os convidados, o painelista Alejandro Klein é autor de livros que abordam fenômenos como a sociedade do envelhecimento e diversos temas ligados ao assunto.

O professor mexicano chamou a atenção para a fragilização do termo velho. “Até quantos anos poderemos viver, 120, 140? As pessoas estão vivendo cada vez mais. Logo, quem hoje se aposenta aos 50 anos ainda tem muito a viver. A terceira idade tem de ser encarada como uma nova fase de experimentação, não como fim. É uma continuidade”. Para o especialista, a terceira idade atual comporta-se diferentemente do idoso do passado. “Os avós de hoje não querem educar. Eles querem compartilhar experiências, trocar dicas sobre temas comuns que até então não lhe eram permitidos, como o sexo. E os jovens querem aprender com eles. É uma nova estrutura intrageracional”, observou o professor sobre o processo que intitula como Confrontação Geracional.

Em nações como Brasil e México, onde há quedas acentuadas nos índices de natalidade, Alejandro destacou que, dentro de 50 anos, de cada três pessoas adultas, uma será idosa, o que revela um grande potencial político na sociedade. “Logo mais, os idosos decidirão as eleições nesses e outros países. Eles terão poder político e cada vez mais participação nas tomadas de decisão”.

Ao concluir a sua fala, o professor enfatizou que a população não pode entender o idoso como um problema social, mas como uma solução no papel de figura ativa de transformação. Por isso, ressaltou a necessidade de algumas mudanças em políticas públicas para garantir a inclusão do idoso, que vão desde maior acessibilidade nas ruas e no transporte até melhores condições de aposentadoria. “Temos que pensar em como a sociedade irá retribuir aqueles que sempre contribuíram com ela”.

Após a palestra de Alejandro Klein, houve uma mesa redonda para debater entre convidados e público os pontos abordados pelo professor. A abertura do Seminário ainda contou com a apresentação do Grupo Sesc Maturidade Ativa Canoas e as presenças do gerente da Unidade, Cleberli Arruda; da presidente do Conselho Estadual da Pessoa Idosa, Jussara Rauth; do representante da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), professor Doutor Johannes Doll; diretor da Diretoria da Pessoa Idosa da Secretaria Municipal de Direitos Humanos de Canoas, Pedro Sabino, além de outras autoridades e parceiros. O turno da tarde foi dedicado à realização de oficinas e debates científicos. 

Confira a programação desta quarta-feira (03/07): 

9h30 – Palestra – A necessidade de aprendizagem ao longo da vida

Prof. Dra Cris Vieira, fundadora da CODE, Dra. em Educação, Pedagoga e palestrante com mais de 28 anos de experiência na área da educação. Ministra encontros de formação em instituições de ensino e na formação de professores, no Brasil e exterior. 

11h – Intervalo 

11h15 – Painel: Educação, trabalho e Intergeracionalidade

Mediador: Prof. Dr. Eduardo Schimdt

Convidados: Prof. Dra. Cris Vieira (Code Escola); Deise Chamorro (Maturilab) 

12h30 – Intervalo 

14h – Palestra Etarismo: um novo pilar da diversidade

Monica Riffel – Graduada em Comunicação Social, e pós–graduada em Marketing, Recursos Humanos e Psicologia Transpessoal 

15h30 – Intervalo

15h45 – Apresentação da Banda Ala 3

16h30 – Encerramento 


Autor: Tiago Ritter
Fonte: Moglia
Autor da Foto: Tony Capellao

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602