.
 
 
Medicamentos falsos: tire suas dúvidas!
 
Saúde RS
 
     
   

Tamanho da fonte:


07/05/2010

Medicamentos falsos: tire suas dúvidas!

Entrevista exclusiva com o Coordenador do Procon de Porto Alegre-RS Omar Ferri Jr.

 Muitos internautas entram em contato com o Portal SIS.Saúde para esclarecerem dúvidas a respeito de medicamentos falsos. Para atender essas solicitações, a equipe do Portal realizou uma entrevista exclusiva com o Coordenador Executivo do Procon de Porto Alegre-RS Omar Ferri Jr.

Sis.Saúde: Como o cidadão pode identificar um medicamento falso? Existe alguma característica a respeito?

Omar Ferri Jr.: Embalagem segura - Alguns cuidados simples podem evitar a compra de um medicamento falsificado. A primeira providência é adquirir o produto somente em farmácias ou drogarias, pois apenas esses estabelecimentos têm autorização e farmacêuticos para lidar com medicamentos. Se o usuário está acostumado a utilizar um determinado medicamento, é importante ficar atento às alterações na embalagem. Em caso de suspeita, o recomendado é entrar em contato com o laboratório fabricante, a vigilância sanitária local ou ligar para o Disque-Saúde, por meio do serviço telefônico gratuito 0800-61-1997.

Sis.Saúde: Se o consumidor suspeitar que alguma empresa esteja vendendo medicações falsas como ele deve proceder?

Omar Ferri Jr.: Uma tecnologia presente em todas as embalagens de medicamento também é um grande aliado na hora de evitar as fraudes. Mais conhecida como "raspadinha", as caixas de medicamentos trazem um espaço em branco que deve ser raspado com um pedaço de metal como um clips ou uma moeda. Se o produto for verdadeiro, aparecerá a marca do laboratório produtor. Se for falso, a tinta sairá até rasgar a caixa de papelão. 

Sis.Saúde: Como o Procon de Porto Alegre-RS atua mediante as reclamações dos consumidores? Quais os procedimentos que são tomados diante de uma reclamação de venda de medicamentos falsos?

Omar Ferri Jr.: Primeiramente, o consumidor deverá comparecer ao atendimento pessoal para que seja procedida a reclamação (F.A.). Após isso, o Procon encaminha a reclamação diretamente a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), para que a mesma tome as devidas providências acerca do alegado, visto a sua competência em casos que envolvam medicamentos.

Sis.Saúde: Há muitas reclamações por parte de consumidores a respeito de medicações compradas via intenet?

Omar Ferri Jr.: As reclamações das quais foram comunicadas ao Procon são, geralmente, Florais e Fitoterápicos. Que, por sua vez, muitos são anunciados pela mídia em horários comerciais, bem como são vinculados em jornais e revistas. Entretanto, tais informações são, genericamente, postuladas pelos consumidores pela demora na entrega, ou que tal produto causou efeitos colaterais. Tivemos a ciência que os consumidores, algumas vezes, se automedicam. O conselho que nós damos é sempre procurar o médico especializado para esclarecer que remédios deveriam tomar.

Sis.Saúde: Quais são as recomendações aos consumidores a respeito?

Omar Ferri Jr.: É recomendável que sempre procurem o médico especializado. Quando o consumidor se automedica, tem o risco de “mascarar” alguma doença, sendo prejudicial à saúde. Também é necessário sempre ficar informado pelo site da Anvisa (site: http://portal.anvisa.gov.br), que posta na internet as notícias referentes a medicamentos proibidos bem como notícias sobre os mesmos. Por ultimo, o consumidor nunca deve realizar a compra de medicamentos pela internet ou através do telefone. Essas compras somente devem ser realizadas em sites ou números próprios de farmácias devidamente legalizadas e com endereço físico.

Omar Ferri Jr. Advogado formado na Unisinos no ano de 1992, com especialização em Direito do Consumidor. Responsável pela instalação do Procon Municipal de Porto Alegre sendo seu atual Dirigente.


Autor: SIS.SAÚDE
Fonte: Coordenador do Procon de Porto Alegre-RS Omar Ferri Jr.

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - cj 1101- Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: mappel@sissaude.com.br. (51) 2160-6581