.
 
 
FEHOSUL reúne Grupo Técnico de Radioterapia
 
Destaques
 
     
   

Tamanho da fonte:


16/04/2009

FEHOSUL reúne Grupo Técnico de Radioterapia

Em destaque, a primeira reunião para a negociação em serviços de radioterapia

Em evento ocorrido na manhã desta quarta-feira (15), a Federação dos Hospitais do Rio Grande do Sul (FEHOSUL) realizou nova reunião do Grupo Técnico de Radioterapia, com a finalidade de realizar negociações em relação aos contratantes de serviços de radioterapia. A primeira reunião técnica do corrente ano contou com representantes de diversas instituições de saúde (Hospital São Lucas da PUCRS, Santa Casa de Porto Alegre, Hospital Mãe de Deus, Hospital Centenário, Hospital de Clínicas de Porto Alegre e Hospital Moinhos de Vento), com o apoio técnico da Sociedade Brasileira de Radioterapia – Seccional RS.
 
O presidente da FEHOSUL, Dr. Cláudio Allgayer, salienta a importância dos serviços de radioterapia para área da saúde e enfatiza que os pleitos de reajustes para o setor apresentam estimativas positivas. “Nosso objetivo é que as instituições de saúde possam continuar com excelência técnica nos serviços de radioterapia”, comenta Allgayer.
 
Para o Dr. Neiro Motta, da Sociedade Brasileira de Radioterapia, as instituições gaúchas que oferecem os serviços de radioterapia, num total de 19 instituições, apresentaram um expressivo desenvolvimento técnico e tecnológico ao longo do tempo, oferecendo, sempre, aos pacientes serviços de última geração. Contudo, salienta que, ao mesmo tempo, os valores e reajustes exercidos por parte das operadoras de saúde ou mesmo do SUS não acompanharam esse desenvolvimento e ainda são pautados em estimativas defasadas.
 
Segundo o Dr. Adalberto Broecker Neto, do Hospital Centenário/Oncologia Centenário, de São Leopoldo, as instituições de saúde e médicos passam por um dilema ético, uma vez que necessitam informar aos seus pacientes a existência de diagnósticos de melhor qualidade a fim de garantir um tratamento médico com excelência. Porém, os serviços de radioterapia não contam com coberturas financeiras satisfatórias, sendo que a maioria das operadoras de serviços de saúde somente contemplam a radioterapia convencional.
 
Com o avanço das discussões ficou acordada a necessidade de coesão entre as instituições, visando o aprimoramento da qualidade dos serviços ofertados à população. Nesse sentido, os presentes entenderam que, com a implementação da Terminologia Unificada em Saúde Suplementar (TUSS), a Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) contempla as necessidades de nomenclatura em relação aos serviços de radiologia, sendo necessária uma ampla revisão dos valores pagos às instituições de saúde.
 
Para o Diretor Administrativo Ricardo Minotto, da Santa Casa de Porto Alegre, “é de extrema importância que todos os segmentos busquem uma melhoria na prestação de serviços ao paciente e à população, mas é fundamental a viabilidade do serviço”.
Acrescenta que a demanda por parte dos pacientes aos serviços de radiologia é presente e crescente. Esta deve ser atendida pelas instituições. Contudo, é necessária uma melhora no ressarcimento desses serviços.
Dessa forma, Dr. Minotto coloca que, como resultado dessa primeira reunião, existe um consenso entre as diferentes instituições de saúde, com respaldo técnico da Sociedade Brasileira de Radioterapia, que é a adoção do CBHPM como nomenclatura.
A reunião foi finalizada com o agendamento de novas reuniões para a continuidade das negociações para os serviços de radioterapia.
Como conclusão, observa-se que a sociedade gaúcha conta com serviços de radioterapia de última geração e investimentos significativos realizados pelas instituições de saúde do Estado. Dessa maneira, o Grupo Técnico de Radioterapia, estabelecido pela FEHOSUL, em conjunto com a Sociedade Brasileira de Radioterapia, trabalhará para continuar garantindo a qualidade desses serviços através de negociações com operadoras de saúde, visando o ressarcimento necessário tanto da radioterapia convencional quanto da radioterapia conformacional e da IMRT (radioterapia de intensidade modulada).

Confira as fotos do evento, por Alice Allgayer. Clique e visualize as imagens em alta resolução.

 

 
Serviços de radioterapia da Região Metropolitana de Porto Alegre reuniram-se, na FEHOSUL, dia 15 do corrente.
 
 
  

 

 

 

    

Ricardo Minotto, diretor administrativo da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre enfatizou que os valores dos serviços de radioterapia estão muito defasados e necessitam de reajustes imediatos.
 
 

  

 

 

  

Representantes dos prestadores de serviços de radiologia identificaram necessidade de política de negociação com operadoras de planos de saúde.
 
 
 

  

 

 

  

Ricardo Cardoso Bernhardt, Superintendente de Relações com o Mercado do Hospital Moinhos de Vento, afirmou que não há reconhecimento por parte dos convênios de alguns procedimentos radioterápicos que estão em uso, por exemplo: radiocirurgia.
 
 
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

Dr. Neiro Motta, Chefe de Radioterapia da Sta. Casa de POA e Representante da Sociedade de Radioterapia RS enfatizou que nos últimos 10 anos os convênios reajustaram anualmente seus valores, no entanto nada foi repassado aos prestadores de serviços deixando a situação financeira caótica.

 

 

 

 

 

 

   

  

 

 

 

 

 

    

Segundo Patricia Ruas, Gerente Comercial do Hospital Mãe de Deus, as negociações devem ser feitas pela FEHOSUL representando os prestadores de serviços de radioterapia, com todos os convênios.

 

 

 

 

 

   

“O médico tem a obrigação ética de informar ao paciente que existem tratamentos mais modernos do que o que foi autorizado pelo convênio dele”, afirmou Dr. Alberto Broecker Neto, Diretor da Oncologia Centenário, de São Leopoldo.

 

 

 

 

 

 

Matérias relacionadas publicadas no SIS.Saúde:

FEHOSUL últimas notícias. Saiba mais sobre o IPERGS, TUSS, Dissídio Coletivo

Seminário sobre TUSS - Terminologia Unificada em Saúde Suplementar. Conheça mais a respeito da ferramenta que dará continuidade ao processo de implantação do padrão TISS .


Autor: SIS.Saúde
Fonte: Fehosul

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - cj 1101- Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: mappel@sissaude.com.br. (51) 2160-6581