.
 
 
Farol Santander Porto Alegre homenageia Vinicius de Moraes com exposição inédita no RS
 
Sade RS
 
     
   

Tamanho da fonte:


13/03/2024

Farol Santander Porto Alegre homenageia Vinicius de Moraes com exposição inédita no RS

Mostra reúne mais de 350 itens, incluindo materiais originais que abordam diretamente ou têm relação com a vida e obra do p

O Farol Santander Porto Alegre volta a apresentar uma nova exposição temática em referência às mais notáveis personalidades artísticas do Brasil. A partir de 20 de março (quarta-feira), os gaúchos e turistas conhecerão Vinicius de Moraes – por toda a minha vida, uma mostra inédita no RS que aborda a vida e a obra daquele que foi poeta, músico, letrista, diplomata, homem de teatro e imprensa, entre outras atividades. A exposição conta com 350 itens, incluindo materiais inéditos e originais, em exposição na Galeria do icônico edifício. Com curadoria de Eucanaã Ferraz e Helena Severo, a mostra fica em cartaz até 19 de maio de 2024 (domingo).

"É com muita alegria que o Farol Santander Porto Alegre abriga a exposição Vinicius de Moraes – por toda a minha vida. A mostra traz aspectos que vão além da biografia do diplomata, poeta, dramaturgo, jornalista, compositor e cantor brasileiro e nosso apoio a essa iniciativa reforça a importância que a cultura tem para o Santander e, principalmente, nosso compromisso com a sociedade pela valorização do que o Brasil tem de melhor"; ressalta Maitê Leite, vice-presidente executiva Institucional do Santander Brasil.

A partir de uma vasta e cuidadosa pesquisa curatorial a exposição busca estabelecer uma ponte entre o largo tempo de produção artística de Vinicius de Moraes e a atualidade, dando oportunidade ao visitante de se aproximar e se aprofundar sobre o autor. 

"Vinicius de Moraes cristalizou em suas criações e em sua figura pública uma série de mudanças comportamentais que marcaram a história cotidiana do século XX. Viveu essas transformações libertárias, deu voz a muitas delas e foi um dos principais atores no processo de modernização da cultura e da mentalidade brasileiras. Vinicius de Moraes, Por toda a minha vida, tenta abarcar as linhas que definem a vida e a obra de Vinicius"; comentam os curadores Eucanaã Ferraz e Helena Severo.

Ocupando a Galeria do Farol Santander Porto Alegre, a exposição será composta pelos núcleos Música, Poesia, Artes e Cidades, além de um espaço inteiramente dedicado à obra infantil A Arca de Noé. Com um marcante caráter museográfico – documentos originais, manuscritos, livros, poemas, vídeos e fonogramas – todos os núcleos terão uma forte presença de obras de arte. 

Vinicius de Moraes teve entre seus grandes amigos artistas importantes, como Di Cavalcanti, Portinari, Santa Rosa, Carlos Scliar, Carlos Leão, Djanira da Motta e Silva, Oscar Niemeyer, Elifas Andreato, Augusto Rodrigues, entre outros. Vinicius escreveu poemas, crônicas, notas biográficas e críticas sobre eles, além de alguns destes nomes terem colaborado diretamente com sua obra em diferentes momentos da vida. Pinturas correspondentes a alguns dos artistas citados, como Carlos Scliar, Carybé e Di Cavalcanti, são parte da Coleção Santander Brasil. 

Entre as mais conhecidas e notáveis facetas de Vinicius estão a música e a poesia. O compositor de "Garota de Ipanema" redimensionou, a um só tempo, as figuras do intelectual e do cancionista. No primeiro caso, tornou-se um de nossos poetas mais importantes; no segundo, revolucionou a música popular, ao lado de Tom Jobim e João Gilberto, quando deram forma às inovações da Bossa Nova. Sendo assim, a exposição terá uma série de fonogramas com poemas de sua autoria, narrados por ele mesmo, como "Soneto da Separação"; "Poética I" e "Pátria Minha".

Em relação às músicas, uma série de vídeos do programa MPB Especial Vinicius de Moraes e Toquinho, da TV Cultura, gravado em 1973, serão exibidos. Entre os sucessos estão: "Chega de Saudade"; "Eu Sei que Vou te Amar"; "A Felicidade" e "Garota de Ipanema".

A ala da exposição batizada de Cidades traz documentos relativos aos diversos locais em que Vinicius esteve como poeta, cantor e destaca ainda sua atuação como diplomata. Entre os itens, estão correspondências que ele trocava principalmente com Tom Jobim. 

A mostra ressalta ainda a obra musical e literária A Arca de Noé, lançada por Vinicius em 1980, com ilustrações de Elifas Andreato, voltada ao público infantil. Nesse ambiente fotografável, terá uma reprodução da arca com animais e ambientação com as músicas e desenhos. 

Vinicius de Moraes – por toda a minha vida – Curiosidades:

A exposição Vinicius de Moraes – Por toda a minha vida, conta com diversos itens, alguns originais e pessoais, que serão exibidos pela primeira vez no Rio Grande do Sul. Confira abaixo alguns destes destaques:

? Manuscritos com versões preliminares de diversas canções que se tornaram célebres e ícones da cultura brasileira, como "Chega de saudade" (marco inicial da bossa nova) e "Garota de Ipanema". Além disso, a variedade de versões das canções e dos poemas revelam uma face menos conhecida de Vinicius: a do criador que se dedicou à dimensão formal, à procura da palavra exata, do verso primoroso. 

? A exposição contará com estudos originais para confecção dos cartazes de divulgação da peça Orfeu da Conceição, feitos por Carlos Scliar, Luiz Ventura e Djanira da Motta e Silva. Também haverá um conjunto de fotografias feitas por José Medeiros, realizadas durante os ensaios. Além disso, haverá ainda as peças de arte para divulgação do filme Orfeu do Carnaval.

? Serão exibidos alguns fac-símiles de desenhos do figurino da peça Orfeu da Conceição, atribuídos a Carlos Scliar. 

? O livro Poesie, publicado na Itália com traduções dos poemas de Vinicius feitas pelo poeta Giuseppe Ungaretti. Trata-se de um livro raríssimo, com tiragem numerada de apenas 20 exemplares. 

? Haverá, ainda, o projeto da capa da Revista Filme, organizada por Vinicius de Moraes e Alex Viany, na década de 1940. 

? Na Linha do Tempo, serão exibidos documentos pessoais do poeta, além de obras produzidas na sua infância e adolescência, como o pequeno jornal "O Mexerico", feito por ele (aos 8 anos de idade) e por sua irmã, Letícia de Moraes. Há, ainda, o manuscrito do conto "O Corvo", que Vinicius escreveu na adolescência e enviou à revista O Cruzeiro, com a seguinte observação: "Vinicius de Moraes oferece um pequeno conto, esperando vê-lo publicado e não se desesperando se não o for".

? Na seção Poesia, foram reunidas as primeiras edições dos livros de Vinicius, incluindo a de Orfeu da Conceição, com ilustrações de Carlos Scliar. 

Sobre Eucanaã Ferraz

Como curador, assinou, entre outras, as seguintes exposições: Constelação Clarice, Instituto Moreira Salles/SP (2021-2022), Fayga Ilustradora, Instituto Moreira Salles /RJ (2011), Museu Lasar Segall/SP (2012); Poesia Marginal – Palavra e Livro, Instituto Moreira Salles /RJ (2013); Chichico Alkmim, fotógrafo, Instituto Moreira Salles /RJ (2017), IMS/SP 2018; Monolux, Vicente de Mello, MAM/RJ (2018) e Seta Balanço Janela, Raul Mourão, Lurixs Arte Contemporânea /RJ (2018). Poeta, publicou entre outros, Desassombro (2002, Prêmio Alphonsus de Guimaraens, da Fundação Biblioteca Nacional), Sentimental (2012, Prêmio Portugal Telecom de Melhor Livro de Poesia). Seus livros de poemas publicados até 2016, oito ao todo, foram publicados naquele ano em um único volume pela casa da Moeda/Imprensa Nacional de Lisboa. Em 2019, publicou Retratos com erro, no Brasil e em Portugal, simultaneamente, com o qual foi vencedor da primeira edição do Prêmio de Poesia Oeiras/PT. Também escreve poesia para criança, com destaque para Palhaço, macaco, passarinho (2010, Prêmio Ofélia Fontes, pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, o Melhor Livro para a Criança) e Cada coisa (2016, Prêmio de Melhor Livro de Poesia e de Melhor Projeto editorial pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil). Em 2017, Em cima daquela serra foi escolhido, juntamente com Isto ou aquilo, de Cecília Meireles, pelo Itaú Social para o programa "Leia para uma criança". Organizou, entre outros, dois livros de Caetano Veloso, Letra só (2003) e O mundo não é chato (2005); de Vinicius de Moraes, organizou vários livros, como o volume Música, poesia, prosa teatro (2017), obra compilada em dois volumes. Também é professor de Literatura Brasileira na Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro e atua como consultor de literatura do Instituto Moreira Salles. 

Sobre Helena Severo

É advogada (PUC RJ) e fez mestrado em Ciências Sociais no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ. Em 1993, assumiu a Secretaria de Cultura do RJ onde criou e implantou diversos projetos. No final de 1999, deixa a Secretaria para assumir a Coordenação Nacional da Mostra do Redescobrimento – Brasil 500 Anos, em São Paulo. Em 2001 é convidada para retornar ao Rio na condição de Secretária Estadual de Cultura, cargo que exerce até 2004, quando assume a Presidência da Fundação Theatro Municipal do RJ. Ali, entre outros projetos, desenvolve a ideia de entregar a grandes encenadores brasileiros a direção das óperas encenadas. Aderbal Freire Filho, Moacyr Góes, Gerald Thomas, entre outros, tiveram a oportunidade de dirigir títulos clássicos do repertório operístico. Essa política culmina com O Cientista, ópera composta, dirigida e protagonizada por artistas brasileiros que encenou a temporada de 2006 do Theatro Municipal do RJ. Foi ainda Presidente da Fundação Biblioteca Nacional de agosto de 2016 a novembro de 2019 e Presidente da Fundação Casa França-Brasil de 2020 a 2021. 

Serviço: Exposição Vinicius de Moraes – por toda a minha vida

Farol Santander Porto Alegre 

R. Sete de Setembro, 1028 - Centro Histórico, Porto Alegre

Terças à sábados, das 10h às 19h.

Domingos e feriados, das 11h às 18h

(Último acesso para visitação 1h antes de fechar o espaço) Ingressos: R$ 17,00 (inteira) e R$ 8,50 (meia)

Cliente Santander: 10% de desconto comprando com o cartão Santander (em até 8 ingressos).

Cliente Santander Select: 10% de desconto comprando com o cartão  Santander Select (em até 8 ingressos), e prioridade na fila de entrada  para o Farol.

GRATUIDADE: Crianças até 2 anos e 11 meses.

Link para compra: https://www.farolsantander.com.br/#/poa/agenda


Autor: Andressa Riquelme
Fonte: Assessoria de Imprensa
Autor da Foto: Divulgação

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: mappel@sissaude.com.br. (51) 2160-6581